Se está aqui, é porque pretende ter um espaço
no novo projeto do mercado municipal.

Seja bem vindo.

O Mercado Municipal
de Seia vai mudar.

O local que era apenas para compras de frescos, vai passar
a ser também um espaço de convívio e degustação.

O Mercado Municipal
de Seia vai mudar.

 

O local que era apenas para compras de frescos, vai passar a ser também um espaço de convívio e degustação.

O NOVO MERCADO MUNICIPAL: O SÍTIO ONDE TODOS QUEREMOS ESTAR.

Queremos tornar o mercado municipal num novo destino para a nossa cidade, onde seja possível fazer compras claro, mas onde seja igualmente possível estar, conviver, degustar, provar e experimentar. Um novo local onde as pessoas queiram ir e gostem de estar.

Vibrante, com esplanada
e praça de alimentação.


Vibrante, com novas lojas, novas bancas, esplanada e praça de
alimentação, o mercado municipal quer tornar-se  num novo
ponto de convívio e bem-estar em Seia.

Vibrante, com esplanada e praça de alimentação.

 

Vibrante, com novas lojas, novas bancas, esplanada e praça de alimentação, o mercado municipal quer tornar-se num novo ponto de convívio e bem-estar em Seia.

Mas as bancas
continuam a ter frescos.


Frescos, secos, hortícolas, frutos silvestres, tartes, bolos doces. Apesar de todas as mudanças, o Mercado Municipal continuará a ser o local onde encontra os frescos mais frescos da cidade. Tudo nas novas bancas, tudo diretamente do produtor.

AGORA, SÓ FALTA VOCÊ.

Loja ou banca, esta é uma oportunidade para todos aqueles que querem participar no novo Mercado Municipal. Com rendas controladas, praça de alimentação com lugares sentados, esplanada ao ar livre, internet gratuita, programação regular, formação para comerciantes e promoção de produtos e espaços nos canais próprios do mercado. Este é o momento de aderir.

6 passos para ter o seu novo espaço
no novo Mercado Municipal.

Apresentar uma proposta para um espaço no novo Mercado Municipal é fácil e nós ajudamos. Tudo o que tem de fazer é seguir os passos seguintes e preencher uma candidatura no final.
Se tiver dúvidas, ligue-nos.

6 passos para ter o seu novo espaço
no novo Mercado Municipal.


Apresentar uma proposta para um espaço no novo Mercado
Municipal é fácil e nós ajudamos. Tudo o que tem de fazer é
seguir os passos seguintes e preencher uma candidatura no final.
Se tiver dúvidas, ligue-nos.

1º PASSO BANCA OU LOJA

Esta deverá ser a primeira decisão a tomar: banca ou loja. As bancas são menos exigentes, quer a nível do horário, quer ao nível do investimento. Estão mais adequadas à venda de frescos ou similares, mas não estão limitadas a estes. O grande senão é o facto de ao final do dia ter de recolher todos os seus pertences, mas são uma ótima escolha para quem quer vender hortícolas, frutas, flores ou até doces. Ou para quem simplesmente quer arriscar em algo novo fazendo um pequeno investimento.

As lojas estão mais vocacionadas para aqueles que querem fazer uma aposta mais significativa. O horário é mais exigente e o investimento um pouco maior. Por outro lado, são aqueles que melhores condições possuem para tirar partido da nova esplanada e da nova praça de alimentação. Convém contudo lembrar que não têm obrigatoriamente de se dedicar ao setor das bebidas e restauração. Uma loja de produtos de burel seria uma excelente ideia.

HORÁRIO GERAL: 8h30 às 00h.

BANCAS

4ª feira: 7h às 13h

Sábados: 9h às 13h

LOJAS

2ª feira a dom.:  8h30 às 00h

2º PASSO DEFINA O TIPO DE OFERTA

Para garantir o sucesso a longo prazo de um espaço comercial como um centro comercial ou neste caso, um mercado, é necessário garantir o cumprimento de duas regras: a primeira é assegurar que existe diversidade e complementaridade entre a oferta de lojas. A segunda, é que todas as lojas respeitem o conceito definido para o espaço. No caso em concreto, o conceito definido para o novo mercado é: design, local, gourmet. Assim, e para melhor adequar o seu espaço ao conceito do mercado, o primeiro passo é ler o nosso manifesto (clique aqui).

Depois, é ajustar o seu projeto à oferta já existente no mercado. Existem três áreas prioritárias:

os utilitários: são os serviços e mercadorias que garantem, pela sua utilidade, a frequência regular de público. Estamos a falar de frescos, reparação de calçado, engomadoras, mercearia, flores, especiarias, quiosques, etc.

Lazer/restauração: representam o ponto de viragem do mercado em termos de oferta, convidando os utilizadores a permanecerem no local. Neste caso, estamos a falar de todo o tipo de lojas que permitam consumo no local. Desde sandes a vinho, desde sushi até gelados ou pregos, crepes e doces.

Produtos: podem ser alimentares, de vestuário, artesanato ou até de serviços. O importante é que sejam relevantes e que façam sentido no espírito do mercado.

8

3ª PASSO EVITE REPETIÇÕES

É importante inovar e isto significa que deve sempre questionar porque é que alguém deverá escolher o seu estabelecimento em detrimento de outro se a oferta é exatamente a mesma. Isto não significa que não possa vender produtos que já são vendidos noutros locais. Tem é de assegurar que acrescenta valor ao mesmo, seja através de um melhor design e apresentação, de uma qualidade superior ou de um melhor serviço. O mercado pretende ser um espaço original e de excelência. Por isso, fazer igual “não vale”.

4º PASSO ESTE É MESMO IMPORTANTE

Transformar um local de passagem num espaço de convívio e bem-estar é o grande propósito deste projeto, que quer fazer do Mercado um ponto de encontro da cidade. Para assegurarmos esta competência é fundamental que as lojas de bens consumíveis tenham na sua gama de oferta opções para consumo no local. Isto significa que uma garrafeira, por exemplo, que se queira estabelecer no mercado, terá de assegurar uma oferta de vinho a copo, mesmo não sendo esse o principal propósito do seu estabelecimento.

5º PASSO CONSULTE AS NORMAS DE PARTICIPAÇÃO.

Todos os pontos até aqui referidos têm como objetivo auxiliá-lo na adequação da sua candidatura ao conceito do mercado. No entanto, tal como qualquer mercado municipal, o nosso também tem normas de participação que deverá sempre consultar. 

Faça-o aqui.

6º PASSO CANDIDATE-SE!

Se chegou até aqui, o passo que falta é simples. Candidate-se!  

Para se candidatar a uma banca, preencha esta ficha de candidatura.

Por indisponibilidade de espaços, as candidaturas para as lojas estão fechadas.

1º PASSO BANCA OU LOJA

Esta deverá ser a primeira decisão a tomar: banca ou loja. As bancas são menos exigentes, quer a nível do horário, quer ao nível do investimento. Estão mais adequadas à venda de frescos ou similares, mas não estão limitadas a estes. O grande senão é o facto de ao final do dia ter de recolher todos os seus pertences, mas são uma ótima escolha para quem quer vender hortícolas, frutas, flores ou até doces. Ou para quem simplesmente quer arriscar em algo novo fazendo um pequeno investimento.

As lojas estão mais vocacionadas para aqueles que querem fazer uma aposta mais significativa. O horário é mais exigente e o investimento um pouco maior. Por outro lado, são aqueles que melhores condições possuem para tirar partido da nova esplanada e da nova praça de alimentação. Convém contudo lembrar que não têm obrigatoriamente de se dedicar ao setor das bebidas e restauração. Uma loja de produtos de burel seria uma excelente ideia.

HORÁRIO GERAL: 8h30 às 00h

BANCAS                                       LOJAS

4ª feira: 7h às 13h                           2ª feira a dom.:  8h30 às 00h

Sábados: 9h às 13h                      

2º PASSO DEFINA O TIPO DE OFERTA

Para garantir o sucesso a longo prazo de um espaço comercial como um centro comercial ou neste caso, um mercado, é necessário garantir o cumprimento de duas regras: a primeira é assegurar que existe diversidade e complementaridade entre a oferta de lojas. A segunda, é que todas as lojas respeitem o conceito definido para o espaço. No caso em concreto, o conceito definido para o novo mercado é: design, local, gourmet. Assim, e para melhor adequar o seu espaço ao conceito do mercado, o primeiro passo é ler o nosso manifesto (clique aqui).

Depois, é ajustar o seu projeto à oferta já existente no mercado. Existem três áreas prioritárias:

os utilitários: são os serviços e mercadorias que garantem, pela sua utilidade, a frequência regular de público. Estamos a falar de frescos, reparação de calçado, engomadoras, mercearia, flores, especiarias, quiosques, etc.

Lazer/restauração: representam o ponto de viragem do mercado em termos de oferta, convidando os utilizadores a permanecerem no local. Neste caso, estamos a falar de todo o tipo de lojas que permitam consumo no local. Desde sandes a vinho, desde sushi até gelados ou pregos, crepes e doces.

Produtos: podem ser alimentares, de vestuário, artesanato ou até de serviços. O importante é que sejam relevantes e que façam sentido no espírito do mercado.

3ª PASSO EVITE REPETIÇÕES

É importante inovar e isto significa que deve sempre questionar porque é que alguém deverá escolher o seu estabelecimento em detrimento de outro se a oferta é exatamente a mesma. Isto não significa que não possa vender produtos que já são vendidos noutros locais. Tem é de assegurar que acrescenta valor ao mesmo, seja através de um melhor design e apresentação, de uma qualidade superior ou de um melhor serviço. O mercado pretende ser um espaço original e de excelência. Por isso, fazer igual “não vale”.

4º PASSO ESTE É MESMO IMPORTANTE

Transformar um local de passagem num espaço de convívio e bem-estar é o grande propósito deste projeto, que quer fazer do Mercado um ponto de encontro da cidade. Para assegurarmos esta competência é fundamental que as lojas de bens consumíveis tenham na sua gama de oferta opções para consumo no local. Isto significa que uma garrafeira, por exemplo, que se queira estabelecer no mercado, terá de assegurar uma oferta de vinho a copo, mesmo não sendo esse o principal propósito do seu estabelecimento.

5º PASSO CONSULTE AS NORMAS DE PARTICIPAÇÃO.

Todos os pontos até aqui referidos têm como objetivo auxiliá-lo na adequação da sua candidatura ao conceito do mercado. No entanto, tal como qualquer mercado municipal, o nosso também tem normas de participação que deverá sempre consultar. 

Faça-o aqui.

9

6º PASSO CANDIDATE-SE!

Se chegou até aqui, o passo que falta é simples. Candidate-se!  

Para se candidatar a uma banca, preencha esta ficha de candidatura.

Por indisponibilidade de espaços, as candidaturas para as lojas estão fechadas.

10

SUGESTÕES UTILITÁRIOS

– Loja Payshop (local para pagamentos e carregamentos de serviços, desde luz, telemóvel, internet, et)

– Florista

– Engomadora

– Lavandaria

– Quiosque (venda de jornais e revistas)

– Arranjos de roupa e retrosaria

SUGESTÕES CONSUMO

– Loja de enchidos com prova e oferta de consumo no local

– Loja de queijos, com prova e oferta de consumo no local

– Loja de vinhos, com prova e oferta no local

– Loja Granel, com venda de leguminosas e frutos secos vendidos a granel

– Cervejaria artesanal

SUGESTÕES PRODUTOS

– Loja design burel

– Loja design montanha (produtos têxteis com design próprio e adaptados ao frio)

– Venda de Ecoprodutos

– Loja de conservas com venda para consumo local

– Uma boutique de café e/ou chá

SUGESTÕES UTILITÁRIOS

– Loja Payshop (local para pagamentos e carregamentos de serviços, desde luz, telemóvel, internet, et)

– Florista

– Engomadora

– Lavandaria

– Quiosque (venda de jornais e revistas)

– Arranjos de roupa e retrosaria

SUGESTÕES CONSUMO

– Loja de enchidos com prova e oferta de consumo no local

– Loja de queijos, com prova e oferta de consumo no local

– Loja de vinhos, com prova e oferta no local

– Loja Granel, com venda de leguminosas e frutos secos vendidos a granel

– Cervejaria artesanal

SUGESTÕES PRODUTOS

– Loja design burel

– Loja design montanha (produtos têxteis com design próprio e adaptados ao frio)

– Venda de Ecoprodutos

– Loja de conservas com venda para consumo local

– Uma boutique de café e/ou chá

Sugestões para as bancas:


A especialização numa área ou tipologia de produto é uma forma de cativar clientes e fidelizá-los. No entanto, não precisa de optar por este caminho. Pode simplesmente vender o excesso de produção do seu quintal. Venha daí.

SUGESTÕES PARA BANCAS

Frutos do bosque: framboesas, mirtilos, amoras, morangos, groselha, etc.

Cogumelos & Espargos: banca dedicada às muitas espécies de cogumelos e espargos.

Leguminosas: são inúmeras as espécies de grãos, feijões e derivados.

Frutos secos: são também eles muito variados. Se tiver doses individuais os visitantes vão provar.

Bolos à fatia e pastéis: é obrigatório, não é?

Pão e pães e broas: aqui o segredo é trazer pão do bom. Daquele da aldeia em forno a lenha e claro, variedade.

De molho ao molho: Tudo o que esteja em caldo como azeitonas, tremoços combinados com venda de temperos e condimentos.

Coisas como loureiro, tomilho, carqueja, orégão.

Frutiness e leguminess: Acelgas, aipo, batata-doce, cebola roxa, phisialis, tamarilho, etc. Há todo um conjunto de frutas e legumes que apesar de serem cultivados por cá, são ainda uma delicatesse.

Bolbos e sementes: aqui é também na variedade e na especialização que surge a oportunidade, desde flores a fruta e legumes, há todo um universo de escolha.

De chá em chá: uma banca repleta de chás e infusões é sempre uma ótima escolha para uma banca.

Queijos e enchidos: faz o seu próprio queijo? Porque não trazê-lo e testá-lo junto do consumidor?

Sugestões para as bancas:

A especialização numa área ou tipologia de produto é uma forma de cativar clientes e fidelizá-los. No entanto, não precisa de optar por este caminho. Pode simplesmente vender o excesso de produção do seu quintal. Venha daí.

SUGESTÕES PARA BANCAS

Frutos do bosque: framboesas, mirtilos, amoras, morangos, groselha, etc.

Cogumelos & Espargos: banca dedicada às muitas espécies de cogumelos e espargos.

Leguminosas: são inúmeras as espécies de grãos, feijões e derivados.

Frutos secos: são também eles muito variados. Se tiver doses individuais os visitantes vão provar.

Bolos à fatia e pastéis: é obrigatório, não é?

Pão e pães e broas: aqui o segredo é trazer pão do bom. Daquele da aldeia em forno a lenha e claro, variedade.

De molho ao molho: Tudo o que esteja em caldo como azeitonas, tremoços combinados com venda de temperos e condimentos.

Coisas como loureiro, tomilho, carqueja, orégão.

Frutiness e leguminess: Acelgas, aipo, batata-doce, cebola roxa, phisialis, tamarilho, etc. Há todo um conjunto de frutas e legumes que apesar de serem cultivados por cá, são ainda uma delicatesse.

Bolbos e sementes: aqui é também na variedade e na especialização que surge a oportunidade, desde flores a fruta e legumes, há todo um universo de escolha.

De chá em chá: uma banca repleta de chás e infusões é sempre uma ótima escolha para uma banca.

Queijos e enchidos: faz o seu próprio queijo? Porque não trazê-lo e testá-lo junto do consumidor?

 

Frutos do bosque: framboesas, mirtilos, amoras, morangos, groselha, etc.

Cogumelos & Espargos: banca dedicada às muitas espécies de cogumelos e espargos.

Leguminosas: são inúmeras as espécies de grãos, feijões e derivados.

Frutos secos: são também eles muito variados. Se tiver doses individuais os visitantes vão provar.

Bolos à fatia e pastéis: é obrigatório, não é?

Pão e pães e broas: aqui o segredo é trazer pão do bom. Daquele da aldeia em forno a lenha e claro, variedade.

De molho ao molho: Tudo o que esteja em caldo como azeitonas, tremoços combinados com venda de temperos e condimentos.

Coisas como loureiro, tomilho, carqueja, orégão.

Frutiness e leguminess: Acelgas, aipo, batata-doce, cebola roxa, phisialis, tamarilho, etc. Há todo um conjunto de frutas e legumes que apesar de serem cultivados por cá, são ainda uma delicatesse.

Bolbos e sementes: aqui é também na variedade e na especialização que surge a oportunidade, desde flores a fruta e legumes, há todo um universo de escolha.

De chá em chá: uma banca repleta de chás e infusões é sempre uma ótima escolha para uma banca.

Queijos e enchidos: faz o seu próprio queijo? Porque não trazê-lo e testá-lo junto do consumidor?

 

 

CONTACTOS

Câmara Municipal de Seia

Morada: Rua Pintor Lucas Marrão | 6270-513, Seia

Contacto: 238 310 237

E-mail: mercadomunicipal@cm-seia.pt

 

logos

CONTACTOS

Câmara Municipal de Seia

Contacto: 238 310 237

E-mail: mercadomunicipal@cm-seia.pt

Morada: Rua Pintor Lucas Marrão | 6270-513, Seia